Edição 2013

Edição 2013 2018-04-02T09:24:02+00:00

O bom momento vivido pelo agronegócio, em especial na produção de grãos, teve grande impacto na Expodireto Cotrijal 2013. Na 14ª edição, ela superou as principais feiras do país em número de visitantes. Em cinco dias, de 4 a 8 de março, 223.400 pessoas passaram pelo parque de 84 hectares, 20% a mais do que no ano anterior. Os negócios concretizados pelos 481 expositores tiveram incremento ainda mais significativo: 128% em relação a 2012, chegando a R$ 2,5 bilhões.

O crescimento maior das vendas ocorreu através dos bancos de fábrica, que fecharam R$ 430 milhões em negócios, totalizando 205% a mais do que no ano passado. As instituições bancárias presentes na feira, que trouxeram grande volume de recursos para os produtores, financiaram R$ 1,7 bilhão, número 122% maior em relação a 2012.

O Pavilhão Internacional também registrou grande evolução de vendas. As rodadas de negócios, realizadas neste ano diretamente nos estandes dos expositores, resultaram em aumento de 132% em relação ao ano passado, totalizando R$ 237 milhões (R$ 80 milhões só de arroz). Setenta e quatro delegações estrangeiras participaram da 14ª edição da Expodireto Cotrijal com um interesse comum: importar produtos alimentícios e máquinas agrícolas de qualidade. Espanha, Nigéria e Ghana, por exemplo, já mantêm negócios com o Rio Grande do Sul e na feira encontram a oportunidade de se reunir com vários fornecedores desses produtos. Além disso, ela também proporciona a troca de conhecimento e experiências.

OUTROS DESTAQUES
Presença de autoridades
 – Pela primeira vez em sua história, a Expodireto Cotrijal recebeu a visita de dois ministros. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, que ainda não conhecia pessoalmente a feira, mostrou-se impressionado. “Ela leva tecnologia para o campo, traz conhecimentos e faz com que a economia se mantenha”, admitiu. O Ministério da Agricultura, como já acontece há vários anos, manteve estande na feira e foi representado pelo ministro Mendes Ribeiro Filho e pelo secretário de Política Agrícola, Neri Geller. O governo do Estado participou ativamente de várias atividades da programação. Destaque para a 24ª Interiorização do governo do Estado, dirigida pelo governador Tarso Genro, com a participação da equipe de secretários e representantes de outros órgãos, no dia 4 de julho. Senado e Câmara dos Deputados também estiveram representados na feira.

Eventos – Pelo segundo ano consecutivo, a Expodireto Cotrijal sediou reunião da Comissão de Agricultura do Senado. Em 2013, o objetivo foi avaliar e debater o papel da logística no crescimento da produção agrícola brasileira. A situação caótica da logística de escoamento da produção foi foco também em eventos tradicionais, como o 24º Fórum Nacional da Soja e o 5º Fórum Nacional do Milho. A Cotrijal ainda realizou na feira, pela segunda vez, o Fórum do Jovem Cooperativista, desta vez envolvendo somente jovens ligados à cooperativa, nos seus 14 municípios da área de ação, que debateu a sucessão na propriedade. A feira ainda manteve outros eventos tradicionais, como o 9º Fórum Estadual do Leite, o 6º Fórum Florestal do Rio Grande do Sul, o Fórum Bandeirantes de Ideias, o Fórum Canal Rural e o 4º Seminário da Agroindústria Familiar. Também sediou a 24ª Interiorização do Governo do Estado e audiência pública da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados para discutir o processo de demarcação de terras indígenas.

Espaço da Família Rural – Mantido pela Cotrijal em parceria com a Emater/RS-Ascar, tratou neste ano, como tema central, “Sucessão familiar e agroindústria”, trabalhado em oito parcelas. Na Cozinha Didática da Casa da Família Rural, as extensionistas trabalharam o aproveitamento da batata, que também foi o principal assunto da parcela da horticultura. No Horto de Plantas Bioativas, foram foco as plantas validadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), além da produção de plantas bioativas para fins comerciais, com a presença de três famílias de Passo Fundo que fazem essa produção. O Recanto Temático, espaço que tradicionalmente chama a atenção dos visitantes, neste ano apresentou o tema “(Re)Encontro: ser humano e natureza”, apresentando as interações de interdependência que ocorrem no meio ambiente, entre o ser humano, a cultura e a natureza, numa parceria com o Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (GESP), de Passo Fundo, a Universidade de Passo Fundo (UPF), o 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar e as empresas Nucleocom Inteligência em Comunicação e Gardem Vale Natural. E o Pavilhão da Agricultura Familiar, os 150 expositores comercializaram mais do que em 2012: R$ 650 mil foi o resultado (aumento de 48% nas vendas).

Espaço da Natureza – A palavra sustentabilidade esteve presente na 14ª Expodireto Cotrijal. O Espaço da Natureza apresentou informações sobre as energias renováveis eólica e fotovoltaica. O objetivo principal foi formar uma consciência de que há energias renováveis ao alcance de todos, do ponto de vista técnico e econômico. E os visitantes puderam ver o funcionamento prático, através de placas fotovoltaicas instaladas na Casa do Meio Ambiente e dois aerogeradores próximos ao Recanto Temático (sistema denominado Turbina Eólica). Também houve apresentação de vídeos e a possibilidade de verificar a produção por sistemas de monitoramento e acompanhamento de instrutores para as explicações. O assunto ainda foi debatido através de uma peça de teatro, apresentada nos cinco dias da feira.

// Rádio

Abertas as inscrições para o Pavilhão da Agricultura Familiar na 20ª Expodireto

As agroindústrias interessadas em participar da Expodireto Cotrijal 2019 já podem se inscrever. O alinhamento da organização do Pavilhão da Agricultura Familiar na 20ª edição da feira ocorreu em reunião na sede da Cotrijal, em Não-Me-Toque, na manhã desta quarta, 7/11. Participaram representantes da cooperativa, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag-RS) e da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf-RS).

As inscrições iniciam nesta quinta-feira (8/11) e encerram no dia 30 deste mês. Os produtores devem procurar os sindicatos representantes das entidades (Fetag e Fetraf) ou a Emater dos municípios – que também é organizadora do Pavilhão. Serão destinados 180 estandes para as agroindústrias.

“Este é um momento muito importante, em que temos que discutir os anseios e as melhorias para a feira. É uma vitrine para o nosso Estado, que fortalece, valoriza e fomenta a agricultura familiar. Em 2018 batemos recorde de vendas e neste ano temos tudo para superar o resultado anterior”, destacou Cristian Ferreira Gonzalez, chefe de Divisão da Secretaria de Estado.

Rui Valença, coordenador da Fetraf, também está otimista para a 20ª edição. “A Expodireto a cada ano está maior, aumentando assim a nossa responsabilidade. Temos certeza que o pavilhão será mais uma vez um sucesso, tanto na comercialização dos produtos e, mais importante que isso, na prospecção de novos negócios”, apontou.

“A feira é uma grande estratégia de desenvolvimento para a agricultura familiar. É uma oportunidade única para o produtor estar dentro de um grande evento como a Expodireto Cotrijal, a maior da América Latina”, acrescentou Jocimar Rabaioli, assessor de Agroindústrias da Fetag.

Representando a Cotrijal, estiveram o presidente Nei César Mânica, o vice-presidente Enio Schroeder, o superintendente de Produção Agropecuária Gelson Melo de Lima, o coordenador do Parque da Expodireto Marlon Ellwanger Lauxen e a assistente administrativa Patricia Kayser.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

Produção animal: ofertas exclusivas para o produtor Cotrijal

Lançamento de produtos para nutrição e saúde animal e promoções serão alguns dos destaques do estande da Produção Animal e das Lojas Cotrijal na 19ª Expodireto Cotrijal.

Com estrutura localizada próximo ao Pavilhão da Agricultura Familiar, a intenção é que os produtores e visitantes encontrem no local além de ótimas oportunidades de negócios também um espaço para buscar informações sobre o melhor planejamento da atividade leiteira.

Segundo o gerente de Produção Animal, Renne Granato, os visitantes poderão conferir resultados da Àrea Experimental em milho para silagem, forrageiras de inverno e de verão, gestão da atividade leiteira e reprodução. “É um espaço para a troca de ideias e bons negócios”, explica.

Também durante a feira a cooperativa trabalhará o Programa de Insumos para a Atividade Agropecuária, o Troca de Inverno, campanha exclusiva para os produtores/associados da Cotrijal que disponibiliza opções especiais para a aquisição de insumos para a formação de pastagens. “A campanha deste ano apresenta um vasto portfólio de produtos e ótimas condições comerciais”, destaca Granato.

Cooperativismo na Expodireto Cotrijal

O gerente de Desenvolvimento Cooperativista, Enio Schroeder, avalia a participação dos associados da Cotrijal na feira. Ele comenta sobre a Casa do Cooperativismo Cotrijal, que em 2013 contou com a participação das etnias de Não-Me-Toque. Confira a entrevista.

// Vídeos

X