Quenianos querem participar da Expodireto Cotrijal

Quenianos querem participar da Expodireto Cotrijal
29/11/2013 noticias
Um grupo de políticos quenianos ligados ao governo do estado de Narok esteve na Cotrijal na tarde desta quinta-feira (28).

Eles vieram ao Rio Grande do Sul para estreitar relações e buscar ideias, parcerias e investidores para promover o desenvolvimento do seu país. A visita à cooperativa foi indicada pelo governo gaúcho, com quem o grupo deve se reunir no início da próxima semana. Os quenianos mostraram-se impressionados com o desenvolvimento da agropecuária na região, especialmente as elevadas produtividades alcançadas nas diversas culturas de grãos. Embora já tenham evoluído muito nos últimos anos em termos de produção, ainda estão longe das médias gaúchas. A visita ao Rio Grande do Sul, de 25 de novembro a 3 de dezembro, busca justamente obter informações para transformar a agricultura de subsistência hoje existente no país em comercial, a exemplo do que acontece no estado gaúcho. O grupo também elogiou a estrutura e a organização da Cotrijal e da Expodireto Cotrijal, manifestando interesse em participar da feira de 2014. O Quênia está localizado na África Oriental e tem cerca de 42 milhões de habitantes. Embora o setor de serviços represente cerca de 60% do PIB do país, basicamente pela força do turismo, a agricultura e a pecuária são as atividades que mais geram emprego, sendo responsáveis por 75% da força de trabalho. Mais da metade das divisas de exportações provém do agronegócio, especialmente de chá, café, tabaco, algodão, sisal e castanha de caju. As principais plantações do Quênia, voltadas principalmente para o abastecimento interno, já que o país importa quase metade dos alimentos que consome, são: batata, feijão, mandioca, milho, sorgo e frutas. A visita à Cotrijal foi organizada por dirigentes do Grupo BrazAfric, que está presente em vários países da África, atuando nas áreas de agricultura, energia e meio ambiente. Além de representantes do grupo no Quênia e no Brasil, participaram da visita os ministros da Agricultura do estado de Narok, Richard Bwogo, e de Finanças, Lena Munge, e a conselheira econômica do governador de Narok, Elisabeth Ololchoki. O grupo foi recepcionado pelo superintendente de Produção Agropecuária da Cotrijal, Gelson Melo de Lima, pelo gerente de Desenvolvimento Cooperativista, Enio Schroeder, pelo gerente Comercial Grãos, Luís Cláudio Gomes, pelo coordenador técnico, Fernando Geraldo Martins, e pelo engenheiro agrônomo Almir César Rambo. Depois de conhecerem um pouco da história da Cotrijal e da Expodireto Cotrijal, os quenianos tiveram a oportunidade de fazer questionamentos sobre a organização da cooperativa e da feira e também a produção de grãos e a pecuária. Ao final do encontro, visitaram uma propriedade.


Compartilhar:
Todos os Direitos Reservados © 2019
Desenvolvido por: BRSIS